ABB em Portugal

Image
ABB e Solar Impulse formam aliança tecnológica

A tradição da ABB em inovação tecnológica em energias renováveis, meios de transporte sustentáveis e eficiência energética, faz da empresa o parceiro ideal para a Solar Impulse, quando se trata de realizar a primeira volta ao mundo numa aeronave alimentada a energia solar.

A ABB anunciou recentemente que colaborará com Bertrand Piccard e André Borschberg na sua intenção de voar em volta do mundo, em 2015, num avião alimentado a energia solar. O primeiro voo efectuado num avião solar sem necessidade de paragem nocturna, juntamente com vários recordes alcançados no Mediterrâneo e nos Estados Unidos, atraíram a atenção do mundo para o projecto Solar Impulse de Bertrand Piccard e André Borschberg, demonstrando o enorme potencial das tecnologias limpas e como o espírito pioneiro pode alcançar o impossível. A equipa Solar Impulse está a preparar-se para mais um desafio tecnológico: circum-navegar o globo num avião impulsionado exclusivamente por energia solar. No dia 9 de Abril foi apresentado o novo avião que será utilizado para tentar realizar a viagem em torno do mundo em 2015. Ulrich Spiesshofer, CEO da ABB, declarou: “Esta associação une dois líderes globais suíços que se caracterizam por irem além dos limites da tecnologia e da inovação, para tentarem alcançar um mundo melhor. Na ABB, acreditamos na visão de Bertrand e estamos convencidos de que com tecnologias pioneiras e inovadoras seremos capazes de dissociar o crescimento do consumo energético do impacte ambiental. Actualmente, a ABB é um líder global em soluções de eficiência energética, transporte sustentável e energias renováveis e, tal como a Solar Impulse, estamos permanentemente questionando as fronteiras do que é tecnologicamente possível”. Bertrand Piccard, fundador e presidente da Solar Impulse, assegurou: “O meu sonho era ter a ABB como principal parceiro da Solar Impulse. Ambas as empresas têm o mesmo objectivo de melhorar o mundo utilizando a energia mais eficientemente e preservando os recursos naturais”. Andre Borschberg, cofundador e CEO da Solar Impulse, acrescentou: “A Solar Impulse e a ABB são inovadores tecnológicos e pioneiros. Ambas as empresas pretendem motivar as pessoas para que utilizem tecnologias limpas. A ABB e a Solar Impulse trabalharão juntas em tecnologias chave, como a electrónica de potência, para nosso benefício mútuo”. A ABB, com sede na Suíça, é um líder global em energias renováveis, transportes sustentáveis e eficiência energética. A empresa é o segundo maior fornecedor do mundo de inversores solares, e um dos maiores fornecedores da indústria eólica. É também um líder na integração de renováveis e na eficiência e fiabilidade das redes eléctricas. A inovação radical do disjuntor de alta tensão em corrente contínua, em 2012, tornará possível a rede do futuro. Em Março de 2014, a ABB anunciou a intenção de construir na China a maior rede mundial de carregadores rápidos de nova geração para veículos eléctricos. A ABB melhora a eficiência energética ao longo de toda a cadeia de valor, desde a produção ao consumo. Só com a sua base instalada de accionamentos para motores eléctricos foi possível poupar, em 2013, cerca de 400 TWh de electricidade, o equivalente ao consumo eléctrico de 100 milhões de moradias europeias. Em 2013, a ABB investiu mais de 1.500 milhões de dólares em investigação e desenvolvimento e emprega mais de 8.500 cientistas em todo o mundo. Sobre a Solar Impulse Os pioneiros suíços Bertrand Piccard (presidente) e André Borschberg (CEO) são os fundadores, pilotos e promotores do Solar Impulse, o primeiro avião capaz de voar dia e noite sem necessidade de carburante e sem produzir emissões nocivas. O Solar Impulse é uma aventura única, que pretende recrear as emoções das primeiras explorações científicas, um laboratório volante para criar soluções tecnológicas inovadoras para os desafios actuais, e uma visão para inspiradora para todos nós, incentivando-nos a sermos pioneiros no nosso dia a dia. Este revolucionário avião de fibra de carbono tem a envergadura de um Boeing 747 (63,4m) e o peso de um automóvel pequeno (1.600kg). É o resultado de sete anos de intenso trabalho, cálculos, simulações e ensaios levados a cabo por uma equipa de cerca de 80 pessoas e 100 colaboradores e consultores. Nunca havia sido construído um avião tão grande e ligeiro. As 12.000 células solares montadas sobre las asas alimentarão quatro motores eléctricos de 10 HP com energia renovável. Durante o dia, as células solares recarregarão as baterias de lítio que pesam 400 kg, com o que a nave poderá voar também durante a noite.


http://www.abb.pt:80/cawp/seitp202/a9e34c66e05f0b3fc1257cc2003bad15.aspx?_ga=1.75232978.1719205705.1379330709

23-05-2014

fonte: ABB em Portugal

Back to Top